Este mês gostaria de dividir com você, leitor, informações que considero de extrema importância para sua carreira, ou melhor, para empreender em sua profissão: professor de dança.Quantas vezes você viveu a seguinte cena: Em uma conversa amigável, é questionado sobre sua profissão e quando você responde “professor de dança” a frase que ouve em seguida é “que legal… mas você trabalha com o que?” ou “o que você faz para ganhar dinheiro?”

Imagino que você leitor já tenha passado por esta situação e se não passou, conhece alguém que já teve essa experiência. Acredito que sua reação é no mínimo de indignação com a desinformação geral da sociedade sobre o setor da dança.

Entretanto, se analisar friamente, você chegará a conclusão de que a “culpa” por esse tipo de pensamento coletivo é sua, é nossa, é dos profissionais da dança. Calma! Convido você a ler o artigo até o final…

Os profissionais da dança (se assim podemos chamá-los) têm em comum: paixão pelo o que fazem, empenho em vencer desafios, busca de aprimoramento artístico e o sonho de ganhar dinheiro fazendo o que gostam. Mas, têm também comportamentos semelhantes como: falta de planejamento de suas carreiras, o desinteresse em desenvolver suas qualidades administrativas, dificuldade de identificar seus direitos e deveres e, na minha opinião a maior de todas – a falta de habilidade com números.

Minha intenção não é generalizar, mesmo porque sinto um movimento ainda pequeno, mas contínuo de busca de informação, visto a visitação do site negocio em danca e as inscrições em nossas palestras. (Para mais informações sobre o projeto CLIQUE AQUI)

Contudo, a grande maioria dos profissionais deste setor está ocupada demais com a parte artística e de menos com seu desempenho como profissional.

Tendo esse cenário em mente, gostaria de deixar aqui uma sugestão de formalização de sua profissão e oportunidade de exercer sua cidadania:

MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL

A MEI foi criada pela prefeitura de São Paulo para formalizar os trabalhadores autônomos. A ideia é abrir uma micro empresa, com CNPJ, composta por uma só pessoa (o empreendedor) e com todos os benefícios de qualquer outra empresa.

Veio em substituição do CCM que era o antigo cadastro de autônomo. Apesar de ainda existir CCM, a MEI é muito mais vantajosa porque através do CCM o profissional recolhe 5% do valor da nota fiscal emitida, ou seja, quanto mais ele recebe, mais ele recolhe. Já na MEI o valor da arrecadação é fixo, até o teto estabelecido pela categoria.

O objetivo da MEI é, além de formalizar os trabalhadores e recolher os impostos, garantir os benefícios sociais previstos em lei.

Para nosso seguimento (instrutor de dança, pilates, yoga…) a MEI é super indicada, porque a arrecadação mensal é de apenas R$ 35,00 e o teto de faturamento mensal R$ 5.000,00. Isso quer dizer que, podemos emitir até R$ 5.000,00 em nota fiscal durante o mês e vamos continuar arrecadando R$ 35,00. Se passar desse valor de faturamento, tem um pequeno aumento na contribuição, mas não é nada significativo.

A abertura é totalmente gratuita e os deveres do MEI são:

  • Recolhimento mensal do DARF R$ 35,00
  • Entrega anual das declarações RAIS (em fevereiro) e Imposto de Renda (abril) e a Declaração Simples (em Janeiro). Caso o MEI não saiba fazer as declarações, pode pedir a um contador. O valor varia de R$ 20,00 a R$ 50,00 por declaração.

As vantagens de se tornar um micro empreendedor individual são:

  • Possibilidade de emissão de notas fiscais – o que definitivamente abre oportunidades de trabalho.
  • A relação de notas fiscais emitidas pode ser conseguida através da sua senha digital no site da prefeitura e serve como comprovante de rendimento – útil para abertura de contas, financiamentos, etc…
  • Garantia de todos os benefícios sociais – salario maternidade, auxílio doença, pensão por acidente, morte, invalidez…
  • Direito a aposentadoria por tempo de serviço – mínimo de 15 anos de contribuição.

Uma vez minha contadora me disse “Fernanda, toda vez que você for pagar um DARF de imposto, agradeça a Deus porque isso significa que você está ganhando dinheiro!”.

Convido você leitor a responder a pergunta que dá título a este artigo com a seguinte resposta: “Sou micro empresário e professor de dança”!

Me conte qual a reação do seu interlocutor…

Por Fernanda Payão – diretora comercial do Shiva Nataraj Danças e Práticas

Mais informações sobre a MEI CLIQUE AQUI.
*Artigo Publicado em Nov/12 na revista Dança Brasil.

banner-blog

7 thoughts on “Que legal!... Mas você trabalha com o que?

  1. Estou procurando isso e vi que é muito facil fazer o cadastro pela internet mesmo mas, como coloco a atividade? não tem a opção professor de dança, tem professor particular, instrutor de artes cenicas (exceto dança), instrutor de arte e cultura em geral, entre outras.
    Não achei nada explicando sobre como preencher o formulário.
    Outra coisa, posso tirar um alvará de funcionamento para uma academia de dança como MEI, alugar o imovel e tudo?

    • Olá Betinho,
      Quanto a atividade você pode usar 85.99-6/99 (outras atividades de ensino não especificadas anteriormente). Sobre conseguir o alvará de funcionamento indicamos procurar um contador especializado em MEI. Indicamos o Marcelo, segue o telefone: 11 4113-1500.

  2. Muito bom o artigo!
    Mas surgiu uma dúvida. Ao procurar a lista de atividades MEI, como o colega citou acima, existe instrutor de artes cênicas, porém não especifica que é EXCETO dança. Como sabem dessa informação?
    Fui ao Sebrae e o funcionário me informou que o que mais se aproximaria seria esta actividade.
    Agora estou confusa, se puder ajudar, obrigada.

  3. Não sou professora de dança, mas estou abrindo um studio. Os professores não serão funcionários, apenas contratados. Todos eles tem MEI. Posso abrir o studio de dança como MEI??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EXCLUSIVO SISTEMA DE CRÉDITOS/AULA

Através do exclusivo sistema de créditos/aula, você pode definir
quantas aulas pretende fazer e adquirir somente os créditos
necessários, nem mais, nem menos!

Unidade Tatuapé
Telefones: +55 (11) 2296.8969
Endereço: Rua Bom Sucesso, 1119, Tatuapé – SP.

Horário de Atendimento: Seg à Qui das 9h às 21h30, Sex das 14h às 21:30 e Sab das 8:10h às 14h